Home > Empréstimo > De 5 mil a até 3 milhões de empréstimo para MEI com pouca burocracia? Conheça o Creditas

De 5 mil a até 3 milhões de empréstimo para MEI com pouca burocracia? Conheça o Creditas

Está procurando uma opção interessante de empréstimo? A Creditas, atualmente a principal plataforma online de empréstimo com garantia do Brasil, está liberando linhas de crédito pessoal que se estendem aos microempreendedores individuais (MEI’s). 

Os empréstimos são disponibilizados em modalidades que fazem uso de bens de valor como forma de garantia, como, por exemplo, imóveis ou carros.

Com taxas de juros entre 0,75% e 1,39% ao mês, os empréstimos com garantias começam em R$ 5 mil e vão a até R$ 3 milhões, a depender do tipo. Devido a isso, o valor liberado vai ser diferente dependendo do perfil de cada cliente.

A contratação é 100% online e sem muita burocracia. Conheça outras vantagens:

Benefícios do empréstimo Creditas

  • Recursos financeiros para abertura de uma empresa;
  • Chance para liquidação de dívidas;
  • Oportunidade de gerar capital de giro;
  • Possibilidade para investimento no negócio, aquisição de materiais, máquinas e até mesmo pagamento de funcionários.

Como pedir?

Aqueles que tiverem interesse no empréstimo creditas devem se cadastrar através do site da fintech, com o preenchimento dos dados pessoais. Após isso, é preciso apenas fazer uma simulação com valor desejado e prazo para pagamento.

Após isso, a instituição financeira vai fazer a análise do pedido e apresentar proposta personalizada, segundo as necessidades do cliente.

Na hipótese da sugestão ser aceita pelo MEI, é realizada uma nova análise Creditas, que possui um prazo de 24 horas para resposta. Caso seja aprovada, a empresa é responsável por auxiliar o usuário durante o ato de formalização e crédito do dinheiro.

Já na modalidade de empréstimo com veículo como garantia, o dinheiro é liberado entre dois a cinco dias. Já na circunstância de que tenha usado um imóvel como garantia, a liberação do dinheiro acontece de modo mais lento, caindo entre quatro a oito semanas.

Fonte: editalconcursosbrasil fotos: bxblue/valorinvest